Arquivo da Categoria: Geografia com poesia

Rio

As águas vêm de longe, ​ ​trazem o mundo, ​ os montes a terra as pedras ​ ​os bichos e o pólen ​ ​as folhas e a luz ​ ​a chuva o granizo ​ ​e a sede dos homens ​ … Continuar a ler

Publicado em Geografia com poesia | Etiquetas | Publicar um comentário

O Homem; as Viagens

O homem, bicho da terra tão pequeno Chateia-se na Terra Lugar de muita miséria e pouca diversão, Faz um foguete, uma cápsula, um módulo Toca para a Lua Desce cauteloso na Lua Pisa na Lua Planta bandeirola na Lua Experimenta … Continuar a ler

Publicado em Geografia com poesia | Publicar um comentário

Orvalho

O sol nas gotas de orvalho. Depressa, colher os diamantes. in: Breviário do Sol

Publicado em Geografia com poesia | Etiquetas | Publicar um comentário

mar

Lançamos o barco. sonhamos a viagem: quem viaja é sempre o mar. (Dito do meu avô Celestiano), Mia Couto, Mar me quer

Publicado em Geografia com poesia | Etiquetas | Publicar um comentário

A chegada do inverno

Eu tenho uma notícia para te dar. O veado brama. A neve chegou, o verão já não é. O vento sopra, agreste e frio. O sol rasa a terra e não se demora. Alterosas voam as ondas no mar. As … Continuar a ler

Publicado em Geografia com poesia | Etiquetas | Publicar um comentário

Neve

Fuligem das queimadas do sol nos matagais celestes. in: Breviário do Sol

Publicado em Geografia com poesia | Etiquetas | Publicar um comentário

Vento

As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido. Fernando Pessoa

Publicado em Geografia com poesia | Etiquetas | Publicar um comentário